Aprimorando sua estratégia de marketing de conteúdo você pode melhorar seu posicionamento no Google e atrair mais público qualificado

À medida em que as pessoas vão mudando a maneira como pesquisam na internet, os mecanismos de pesquisa vão se adaptando aos novos comportamentos. Isso cria um impacto significativo na forma como os buscadores encontram o conteúdo e em como o classificam, o que afeta o desempenho geral de SEO da empresa. Já se foram os dias em que para medir seu sucesso em SEO bastava apenas no controle das classificações de palavras-chave. Com tantos fatores que agora entram em cena, para alcançar o sucesso do SEO, é hora de repensar sua estratégia de marketing de conteúdo e mídias sociais para acompanhar o cenário de pesquisa em constante mudança.
Confira abaixo alguns aspectos para levar em consideração para melhorar sua estratégia de marketing de conteúdo acompanhando este cenário tão dinâmico:

A pesquisa para celular está dominando a web

Se você acompanha as estatísticas de tráfego do seu site, já percebeu o crescimento dos acessos móveis. Muitos usuários estão realizando pesquisas em celulares mais do que em qualquer outro dispositivo (por exemplo, tablets e computadores).
Para que seu conteúdo tenha uma classificação alta e obtenha sucesso em SEO, você deve garantir que seu site seja totalmente otimizado para dispositivos móveis. A navegação tem que ser o mais fácil e agradável possível. O Google já espera que as páginas da web sejam carregadas em menos de três segundos. Procure melhorar o tempo de carregamento do seu site compactando imagens na sua página e verifique se o seu conteúdo é facilmente digerível.

Um site que pode ser referência em experiência mobile é o Huffington Post. Seu conteúdo é facilmente digerível e ideal para usuários de smartphones. Quando você compara as versões para celular e para computador, o site móvel do Huffington Post não é apenas otimizado para caber em uma tela menor, mas também possui menos palavras na página inicial. Como resultado, os leitores podem navegar facilmente na página em busca de conteúdo.

Site otimizado para celular

 

A pesquisa por voz está mudando a maneira como as pessoas pesquisam na web

Segundo um artigo publicado pela Forbes, 50% das buscas serão de voz em 2020. Esta mudança tem sido viabilizada com a ajuda de assistentes de voz como Google Home, Alexa e Siri. Como resultado, ferramentas como o Google estão dando maior ênfase à otimização da pesquisa por voz.

Com a pesquisa por voz em ascensão, a maneira como o conteúdo está sendo classificado também está mudando. Como isso afetará o marketing de conteúdo geral e as mídias sociais como fatores de classificação? Em vez de usar palavras-chave curtas e rápidas para otimizar seu conteúdo, tente usar melhor as palavras-chave mais longas (long tale). Estas envolvem frases-chave específicas. Para se adaptar efetivamente à pesquisa por voz, tente escrever da maneira que você fala para que seu conteúdo seja melhor classificado. Por exemplo, quando os usuários digitam uma pesquisa no Google, geralmente são mais concisos: “clima em Ubatuba”. No entanto, quando os usuários realizam uma pesquisa por voz, geralmente dizem: “Como está o clima em Ubatuba hoje?” Assim, lembre-se de usar um tom mais parecido com uma conversa em sua estratégia de marketing de conteúdo e mídia social para ajudar a impulsionar e melhorar seus rankings no Google.

Pesquisas por voz no Google

Alcance a posição 0 no Google

O Google está cada vez mais dando importância para featured snippets que são aqueles destaques na parte superior dos resultados de pesquisa. O conteúdo classificado na seção de snippets em destaque do Google geralmente consegue tráfego mais alto. Por exemplo, quando você pesquisa “melhores celulares 2020”, esse é o trecho em destaque na SERP (página de resultados do mecanismo de pesquisa) que aparece para a consulta. O trecho em destaque aparece acima do resultado da pesquisa nº 1. Como você consegue isso?

Desenvolva uma lista restrita de perguntas específicas às quais você pode responder e classificar. Se você achar que seu conteúdo pode ser classificado na primeira página para uma das perguntas, otimize o restante da sua página para abordar especificamente essa questão.

Consiga mais páginas rankeadas com o modelo Topic Clusters

Como as pessoas estão fazendo buscas mais detalhadas e coloquiais para obter informações mais rapidamente, os mecanismos de busca estão se aprimorando em fornecer respostas mais precisas. O modelo de post pilar e clusters de tópicos estão se tornando mais populares, como forma de organizar o conteúdo para garantir uma classificação melhor. De acordo com o Hubspot, este modelo ajuda a classificar mais páginas, oferecendo melhores respostas para as consultas feitas no Google.

Ao planejar sua estratégia de marketing de conteúdo, escolha alguns tópicos gerais para os quais deseja bom posicionamento. Depois de escolher os tópicos, crie conteúdo (por exemplo, postagens de blog) para cada uma das palavras-chave específicas que compõem o tópico mais amplo. Isso resultará em uma autoridade mais ampla, pois você poderá conectar tópicos específicos entre si por meio de hiperlinks, vinculando seu conteúdo para ajudar mais páginas do seu site a serem classificadas no Google.

À medida em que o comportamento com relação a pesquisas na internet se modifica, a maneira como você aborda sua estratégia de marketing de conteúdo fica cada vez mais importante. Por mais batida que essa frase possa ser, ela ainda soa verdadeira: “o conteúdo é rei”.