Por que as PMEs deveriam investir mais em marketing digital?

 

Uma pesquisa recente divulgada pela revista Exame mostra que ainda há um segmento de empresas que não descobriram os benefícios do marketing digital: apenas 22% das pequenas e médias empresas no Brasil possuem site na internet e somente 8% vendem via comércio eletrônico. Se a presença online é pequena, a proporção de empresas que anunciam na web é ainda menor: somente 7%. E, considerando que atualmente mais de 70% dos brasileiros pesquisam na internet antes de comprarem um produto ou serviço, a maioria dessas empresas certamente está perdendo muitas oportunidades de serem encontradas por potenciais clientes.

Muito distante de uma tendência global de divulgar suas marcas e vender seus produtos online, as PMEs brasileiras ainda resistem ao investimento em marketing digital e fazem isso por diferentes fatores: desconhecimento, conservadorismo, restrições de orçamento ou a simples crença de que marketing digital é somente para grandes empresas.

Conheça aqui algumas razões pelas quais as pequenas e médias empresas no Brasil podem e devem investir mais em marketing digital, abrindo ou ampliando um grande canal de geração de novos clientes e negócios.

 Menor investimento

Uma das grandes vantagens do mundo digital é ser um espaço mais democrático, onde empresas de qualquer porte podem estar e podem investir em ações de marketing de forma mais competitiva. Ao contrário dos canais tradicionais de marketing (anúncios em TV, revistas, eventos), campanhas de anúncios no Google ou nas mídias sociais (Facebook, LinkedIn, Instagram e outros) são formas de publicidade online mais acessíveis a qualquer empresa. E, se trabalhadas da forma correta, podem ser muito eficazes para atrair o público-alvo até a sua empresa.

Além disso, nos canais digitais é possível mensurar com muito mais detalhes o retorno de cada ação e, assim, realimentar suas análises e desenvolver novas ações com maior potencial de gerar resultados positivos.

Maior assertividade

Uma empresa que consegue anunciar e/ou aparecer organicamente em ferramentas de busca como o Google é exposta a potenciais clientes no momento em que esses estão procurando informações por produtos/serviços que a empresa oferece . Nenhum outro canal de marketing apresenta essa precisão e este fator pode fazer a diferença para se fechar um negócio ou, pelo menos, abrir uma porta que vai levar à concretização de um negócio.

Outro exemplo de assertividade está nas redes sociais. No Facebook ou no LinkedIn, por exemplo, é possível segmentar seu público-alvo por diversas características – demográficas, sociais, ocupacionais, comportamentais – e exibir sua mensagem apenas para quem realmente interessa.

Maior alcance

Outra grande vantagem dos canais digitais para as empresas é, claro, poder expandir mais facilmente seus negócios para além das suas limitações físicas ou geográficas, tornando suas marcas visíveis para um número muito maior de potenciais clientes. Mas, sobretudo para as PMEs, essa é uma vantagem e tanto num ambiente competitivo.

As redes sociais são um canal poderoso de divulgação da marca, produtos e serviços e ainda muito pouco explorado pelas empresas brasileiras. Segundo pesquisa da Hubspot, no final de 2014, menos da metade das empresas brasileiras (incluindo as gigantes) possuíam um perfil em redes sociais. Mesmo hoje sendo esse número mais representativo, boa parte das empresas não investe nos seus perfis como uma ferramenta de marketing, promovendo a marca e direcionando maior tráfego para os seus sites.

Maior interação com o cliente

Além da visibilidade, a possibilidade de interagir constantemente com o público-alvo é um dos grandes benefícios do marketing digital.

Seja por meio de um blog, divulgando conteúdo direcionado ao seu público-alvo, seja na interação mais direta das redes sociais, para as PMEs essa é a grande oportunidade para gerar referência, construir credibilidade e fidelizar seus clientes.

Mas, para que qualquer empresa invista de forma otimizada e aproveite todo o seu potencial, o marketing digital exige planejamento e dedicação contínua. Se você quiser saber mais, clique aqui ou entre em contato com a WSI.

 

Fontes: Revista Exame (18/10/2016)  e Hubspot (04/12/2014)