Ações de Marketing Digital têm grande potencial de sucesso. Porém, nem sempre isto acontece e muitas pessoas ficam frustradas e descrentes. O problema pode estar na execução destas ações. Listamos abaixo falhas comuns que podem impactar negativamente os resultados. Veja se você se identifica com alguma(s) delas!

1) Falta de planejamento. “A pressa é inimiga da perfeição” diz o antigo ditado. Mas no dia a dia, não é raro ver ações lançadas as pressas e, com isso, muitas empresas deixam de lado algo crucial: o planejamento. Quem já não ouviu falar sobre (ou vivenciou) um site lançado a toque de caixa que em pouco tempo apresentou problemas e não trouxe retorno, por exemplo? Desta forma, as chances de erros aumentam consideravelmente. Por isso, deixe a ansiedade de lado e lembre-se: antes de executar, planeje!

2) Falta de foco em mercado específico. Defina bem seu público-alvo. Ao invés de atirar para todos os lados, tenha foco. De nada adianta, por exemplo, você criar um produto e anunciá-lo para 100% dos internautas, se quem o compra, na prática, são mulheres, entre 30 e 40 anos, com filhos. Seria muito mais interessante direcionar seus esforços para este segmento específico, certo?

3) Desalinhamento com as demais ações de Marketing. Quer maior prova de amadorismo que passar mensagens diferentes em canais diferentes para o mesmo público ou sobre o mesmo produto / serviço? No Marketing, se o assunto e o objetivo são os mesmos, as ações devem ser totalmente alinhadas.

4) Mau aproveitamento dos recursos potenciais da internet. O gestor de mídias sociais da sua empresa publica uma mensagem no Facebook hoje, mesmo sabendo que amanhã seria um dia de maior impacto, ao invés de programar o post (pois desconhece que isto é possível). Sua empresa quer lançar uma promoção com foco nas cidades que mais acessam o seu site, mas não tem esta informação (pois não conhece ou não sabe analisar as informações do Google Analytics). Nas duas situações, a falta de conhecimento sobre os recursos da internet podem prejudicar o andamento dos trabalhos. Por isso, procure se informar com profissionais qualificados de Marketing Digital.

5) Falta de mensuração e monitoramento. A ação que você colocou em prática deu certo ou errado? Deu lucro ou prejuízo? Vale a pena repeti-la ou é melhor encerrá-la de vez? Perguntas como estas podem parecer óbvias, mas são muitas vezes negligenciadas. É fundamental um trabalho sistemático de mensuração de resultados.

6) Mão-de-obra não qualificada. Quem é do mercado de Marketing Digital – e de todas as demais áreas – sabe o quanto um profissional mal preparado pode impactar negativamente um projeto. E, por ser um segmento com características muito específicas, contar com o conhecimento necessário se torna uma real necessidade para quem deseja assegurar bons resultados na web. Sempre vale lembrar que usuário e especialista são coisas completamente distintas. Não é porque o seu sobrinho passa o dia inteiro nas redes sociais que ele tem a experiência necessária para gerenciar os perfis da sua empresa nestas mídias.

7) Descontinuidade das ações. Os blogs corporativos cujo último post foi publicado há mais de um ano ilustram bem esta situação. A iniciativa era até interessante e rendia bons frutos (maior volume de acessos ao site da empresa, por exemplo), mas não houve o foco e a disciplina necessários para levá-la adiante. Investiram-se recursos financeiros e tempo no passado, para simplesmente descartá-los no futuro. Certamente, um passo que você também pode (e deve) evitar.